EUROVOLLEY: “DÓI MUITO PERDER ASSIM!”

Os Países Baixos apuraram-se hoje para os quartos-de-final do Campeonato da Europa 2021 – masculinos ao vencerem, pela margem mínima (3-2: 22-25, 25-22, 26-24, 20-25 e 15-13) Portugal na Ergo Arena de Gdansk, na Polónia.
Num jogo em que registou mais pontos (109-108) do que o seu adversário, bem como mais blocos – 13, com destaque para Filip Cveticanin, com 8, que o colocaram no topo dos blocadores da competição –, isto frente ao representante de um país com a média de altura mais alta da Europa, Portugal bateu-se como um leão, nunca baixando os braços mesmo quando tudo parecia perdido… como no segundo e no terceiro sets.

Após ter vencido todos os jogos da fase de qualificação, a Selecção Nacional, orientada por Hugo Silva, continuou a fazer história no Campeonato da Europa, ao qualificar-se, pela primeira vez, para a fase eliminatória e hoje só não escreveu mais uma página dourada com um apuramento para uns históricos quartos-de-final porque do outro lado da rede estava um velho conhecido, Nimir Abdel-Aziz, um antigo distribuidor que é, agora como oposto, uma autêntica máquina de debitar pontos – 37 pontos, resultantes de 3 serviços, 2 blocos e 32 (!) ataques –, o que faz dele o melhor pontuador do Europeu, dando continuidade à sua supremacia nesse aspecto já rubricada na Liga das Nações 2021.

No final, Hugo Silva resumiu o estado de espírito da Selecção Nacional:
Estou muito orgulhoso dos meus atletas, apesar de doer muito perder assim!
É inimaginável chegar a um momento destes e estar a discutir um lugar nos 8 melhores da Europa e só não conseguirmos concretizar a qualificação por muito pouco…
Creio que ninguém sonharia que estivéssemos hoje a disputar, desta forma incrível, a qualificação para os quartos-de-final do Campeonato da Europa, mas a verdade é que o fizemos…
Mais uma vez, as minhas palavras vão para os atletas: Obrigado!

Países Baixos x Portugal 3-2: 22-25, 25-22, 26-24, 20-25 e 15-13)

Portugal e Países Baixos protagonizaram um jogo fantástico e dos mais espectaculares desta edição do Europeu.
Duas selecções muito diferentes: os holandeses a viverem à custa do poder de concretização do seu oposto, Nimir Abdel-Aziz, e os portugueses a alicerçarem a sua força num colectivo que engloba eficácia na recepção, distribuição, ataque e bloco, para além da garra que sempre demonstra nos momentos mais difíceis.

Os dois primeiros sets foram um autêntico jogo do rato e do gato. Os Países Baixos fugiam no marcador e Portugal partia em sua perseguição, apanhando o seu oponente numa altura crucial para o desfecho do set (20 pontos).
A igualdade (1-1) no fim dos dois primeiros sets apenas servia para acentuar ainda mais a imprevisibilidade quanto ao vencedor.

O terceiro set começou claramente favorável aos holandeses, que com Nimir no serviço chegaram aos 5-0, diferença que se prolongou no tempo (13-8)… Iguais a si próprios, os portugueses cerraram os dentes e igualaram aos 19 pontos, mas não conseguiram obstar ao triunfo do seu adversário por 26-24.

O quarto set foi inteiramente dominado pela Selecção Nacional. Apesar da reacção, em alguns momentos, dos holandeses e da sua aproximação no marcador, os portugueses mantiveram a calma (e eficácia) necessária para vencer por claros 25-20.

Na lotaria da «negra», os holandeses adiantaram-se no marcador (2-0), mas os portugueses igualaram aos 6 pontos.
O festival ofensivo de Nimir permitiu que os holandeses tomassem a dianteira (13-10), mas Marco Ferreira (ataque) e Cveticanin (bloco) colocaram a diferença em apenas um ponto.
Contudo, Nimir não decepcionou os seus companheiros, tendo rubricado os pontos decisivos (15-13) que deram aos Países Baixos o passaporte para os quartos-de-final, onde terão a companhia da Rússia e da Polónia mas irão medir forças com a campeã em título, a Sérvia, no dia 14 de Setembro, em Gdansk.

Nimir Abdel-Aziz, com 37 pontos, foi o melhor pontuador do jogo, seguido de Alexandre Ferreira, Filip Cveticanin e Hugo Gaspar, respectivamente com 16, 15 e 14 pontos. Ver estatística aqui

Os oitavos têm por palco as cidades de Gdansk (Polónia), onde está a Selecção Nacional, e Ostrava (República Checa), onde está o árbitro português Ricardo Ferreira.

Ergo Arena – Gdansk

11.09.2021
16h30 – Rússia x Ucrânia, 3-1
19h30 – Polónia x Finlândia, 3-0

12.09.2021
16h30 – Países Baixos x Portugal, 3-2
19h30 – Sérvia x Turquia, 3-2

Ostravar Arena – Ostrava

12.09.2021
16h00 – Itália x Letónia
19h00 – Alemanha x Bulgária

13.09.2021
16h00 – Eslovénia x Croácia
19h00 – França x República Checa

Jogos da Selecção Nacional no Campeonato da Europa 2021

Calendário da Pool A – 1.ª Fase
(Cracóvia – Polónia/Hora de Portugal)

Dia 2 de Setembro
13h30 – Grécia x Ucrânia, 2-3
16h30 – Polónia x PORTUGAL, 3-1
19h30 – Bélgica x Sérvia, 1-3

Dia 3 de Setembro
16h30 – Bélgica x PORTUGAL, 2-3
19h30 – Ucrânia x Sérvia, 0-3

Dia 4 de Setembro
16h30 –Bélgica x Grécia, 3-0
19h30 – Sérvia x Polónia, 2-3

Dia 5 de Setembro
16h30 – PORTUGAL x Ucrânia, 2-3
19h30 – Grécia x Polónia, 1-3

Dia 6 de Setembro
16h30 – PORTUGAL x Sérvia, 1-3
19h30 – Polónia x Bélgica, 3-0

Dia 7 de Setembro
16h30 – Sérvia x Grécia, 3-2
19h30 – Ucrânia x Bélgica, 3-1

Dia 8 de Setembro
16h30 – Polónia x Ucrânia, 3-0
19h30 – Grécia x PORTUGAL, 1-3

Oitavos-de-final
(Gdansk – Polónia/Hora de Portugal)

Dia 12 de Setembro
16h30 – Países Baixos x PORTUGAL, 3-2

Os jogos do Europeu 2021 serão transmitidos em directo no EuroVolley.TV (CEV) e na Sport TV

Comitiva Portuguesa

Team Manager – Carlos Prata
Seleccionador Nacional – Hugo Silva
Treinador Adjunto – Filipe Vitó
Scouter – João Santos
Médico – Ricardo Aido
Fisioterapeuta – Fábio Gonçalves
Jornalista – Murilo Augusto (Social Media FPV)

Convocatória (14 jogadores*)

Miguel Rodrigues (Cuprum Lubin/Polónia) – Distribuidor
Tiago Violas (SL Benfica) – Distribuidor

Phelipe Martins (Leixões SC) – Central
Miguel Sinfrónio (SL Benfica) – Central
Filip Cveticanin (SC Espinho) – Central
José Pedro Andrade (Esmoriz GC) – Central

Alexandre Ferreira (Seoul Woori Card Wibee VB/Coreia do Sul) – Zona 4
André Lopes (SL Benfica) – Zona 4
Lourenço Martins (SAEMS Tourcoing/França) – Zona 4
André Marques (Castêlo da Maia GC) – Zona 4

Marco Ferreira (Al Jazira SC/Emirados Árabes Unidos) – Oposto
Hugo Gaspar (SL Benfica) – Oposto

Gil Meireles (Sporting CP) – Libero
Ivo Casas (SL Benfica) – Libero

*Clubes em 2020/2021

Os quartos-de-final (14 e 15 de Setembro) são disputados nas cidades de Gdansk (Polónia) e Ostrava (República Checa).

A Polónia receberá em Katowice as meias-finais (18 de Setembro) e o jogo de atribuição dos 3.º e 4.º lugares e Final do EuroVolley 2021 (19 de Setembro).

**Participações de Portugal na fase final do Campeonato da Europa:

1948 (Itália) – 4.º lugar (número reduzido de equipas por convite)
1951 (França) – 7.º lugar (número reduzido de equipas por convite)
2005 (Itália/Sérvia e Montenegro) – 10.º lugar
2011 (Áustria e República Checa) – 14.º lugar
2019 (Bélgica/Eslovénia/França/Holanda) – 20.º lugar
2021 (Polónia/Re, Checa/Finlândia/Estónia) – ….º lugar

Partilhar: