TURCOS QUEREM MANTER INVENCIBILIDADE

Fotos: Américo Dias/FPV/CEV

A Turquia venceu hoje mais um jogo pela margem máxima e mantém-se líder incontestável da Pool C. Apesar de ter já a qualificação para a Final Four garantida, a equipa otomana quer terminar em beleza a prestação no 2.º torneio da Pool C da Golden League, que termina amanhã no Pavilhão Desportivo Municipal de Santo Tirso (com transmissão televisiva em directo na Sport TV). Hoje venceu (3-0: 30-28, 25-16 e 25-16) Portugal e amanhã quer vencer a República Checa.

Portugal x Turquia, 0-3 (28-30, 16-25 e 16-25)

Início de jogo extremamente equilibrado, com as duas selecções a alternarem no comando do marcador sem no entanto conseguirem distanciar-se mais do que dois pontos. À eficácia do bloco turco, Portugal procurava responder com combinações de ataque mais rápidas e com agressividade no serviço, mas seria mesmo a defesa alta a responsável pela primeira diferença de três pontos no jogo (21-18), favorável aos comandados de Nedim Ozbey. Portugal respondeu com um serviço de Alexandre Ferreira e um ataque de Marco Ferreira e outro de Dinis Leão e reequilibrou a contenda (23-23). O equilíbrio duraria até às vantagens, altura em que Baturalp Burak Gungor (serviço) e Adis Lagumdzija (ataque) selaram  a vitória: 30-28.
Marco Fereira e Adis Lagumdzija eram os mais concretizadores, respectivamente com 9 e 8 pontos.

No segundo set, Portugal voltou a sentir dificuldades em ultrapassar o bem edificado bloco otomano, bem como em suster o serviço forte e agressivo de Gungor e a Turquia aproveitou para se distanciar (8-1). Um serviço directo de Adis Lagumdzija tornou tudo ainda mais difícil (12-3)… O resultado não poderia ser outro: 25-16, com nova vitória dos turcos.

O terceiro set ficou marcado por uma série de serviços falhados por ambas as equipas.  Quando a Turquia acertou o seu serviço, saltou para a frente no marcador (15-12). Um serviço directo de Efe Ramazan Mandiraci e um bloco de Ahmet Tumer (20-13) acabaram com a questão sobre o vencedor, Resultado: 25-16.

Os turcos Baturalp Burak Gungor e Adis Lagumdzija, ambos com 17 pontos, e Marco Ferreira, com 13 pontos, foram os melhores pontuadores das respectivas selecções. Ver estatística aqui

Hugo Silva, Treinador de Portugal:
Gostei da boa reacção que tivemos no primeiro set, demonstrativa daquilo que foi a nossa época até agora, sempre a lutarmos pela vitória. Contudo, depois sofremos em demasia com os erros. Os jogadores penalizaram-se muito com o que estava a correr mal e a equipa ressentiu-se. É normal alguém sentir-se frustrado por não estar a conseguir atingir o que se quer, mas devemos saber lidar com a frustração gerada pelo insucesso, pois só isso é que nos permitirá dar a volta à situação.”

Filip Cveticanin, central de Portugal:
Os sets disputados às vantagens têm sempre um impacto enorme, mas creio que o que pesou mais foi o facto de começarmos os sets a perder ao deixarmos que os serviços dos turcos nos criassem tantas dificuldades e não nos permitissem responder com eficácia no ataque.
Amanhã vamos defrontar a Bielorrússia, uma selecção que conhecemos bem, que vencemos em dois de três jogos e que considero ser um adversário mais acessível do que a Turquia.”

Mert Karatop, Treinador adjunto da Turquia:
Hoje fizemos um bom trabalho no bloco e os nossos jogadores mais jovens portaram-se muito bem. Apesar de termos atingido o nosso principal objectivo, estamos contentes mas ainda não totalmente satisfeitos, pois queremos terminar a nossa participação no 2.º torneio com mais uma vitória e fazer o pleno de vitórias na fase de qualificação“.

European Golden League – Pool C

2.º Torneio (Portugal)

Jogos no Pavilhão Desportivo Municipal de Santo Tirso

4 de Junho
Turquia x Bielorrússia, 3-0
República Checa x PORTUGAL, 3-0

5 de Junho
Bielorrússia x República Checa, 1-3
PORTUGAL x Turquia, 0-3

6 de Junho
15h00 – República Checa x Turquia
18h00 – Bielorrússia x PORTUGAL

Árbitro português: Pedro Lopes Pinto

1.º Torneio (Bielorrússia)

Jogos no Chyzhovka-Arena, Team Sports Hall Minsk
(horas em Portugal continental)

28 de Maio
República Checa x Turquia, 1-3

29 de Maio
PORTUGAL x Turquia, 0-3
Bielorrússia x República Checa, 3-1

30 de Maio
República Checa x PORTUGAL, 2-3
Turquia x Bielorrússia, 3-0

31 de Maio
12h00 – Bielorrússia x PORTUGAL, 3-2

Todas as informações sobre a European Golden League em www.fpvoleibol.pt/euroleague2021

Comitiva Portuguesa em St.º Tirso

Team Manager – Carlos Prata
Seleccionador Nacional – Hugo Silva
Treinador Adjunto – Filipe Vitó
Scouter – João Santos
Médico – Diogo Dias
Fisioterapeuta – Daniel Vilas-Boas

Atletas

Miguel Rodrigues (Cuprum Lubin/Polónia) – Distribuidor
Tiago Violas (SL Benfica) – Distribuidor

Phelipe Martins (Leixões SC) – Central
Filip Cveticanin (SC Espinho) – Central
Gerson Gomes Pereira (Martigues VB/França) – Central
Nuno Teixeira (VC Viana) – Central

Alexandre Ferreira (Seoul Woori Card Wibee VB/Coreia do Sul) – Zona 4
Lourenço Martins (SAEMS Tourcoing/França) – Zona 4
Sebastião Leão (AA São Mamede) – Zona 4
André Marques (Castêlo da Maia GC) – Zona 4

Dinis Leão (SC Espinho) – Oposto
Marco Ferreira
 (Al Jazira SC/Emirados Árabes Unidos) – Oposto

Ivo Casas (SL Benfica) – Libero
João Fidalgo (Sporting CP) – Libero

 

*À atenção da Comunicação Social (Santo Tirso)

A pandemia de Covid-19 obrigou a que fossem aplicadas medidas que limitam o número de pessoas presentes em eventos desportivos e condicionou o contacto entre os representantes da Comunicação Social e o Departamento de Informação da FPV.
Os pedidos de acreditação deverão ser efectuados por jornalistas (fotojornalista/repórter de imagem) que representem Órgãos de Comunicação Social, não sendo permitido recolher dados estatísticos para além daqueles que são fornecidos pela organização da competição.
*IMPORTANTE: Os jornalistas e os fotógrafos não têm acesso à área do jogo, nem durante nem no final do jogo, não sendo possível fazer reportagens no recinto do jogo.

FORMULÁRIO DE ACREDITAÇÃO aqui
(Enviar pedido para jorgecastro.fpv@gmail.com até 31 de Maio)

Selecções da Pool C

Portugal    /    Bielorrússia   /  República Checa  /   Turquia

Na Golden League 2021, a Selecção Nacional defronta adversários bem conhecidos: a Turquia (campeã da EGL em 2019), a Bielorrússia (vice-campeã), adversário que Portugal bateu (3-2 e 3-1) na fase de qualificação para o EuroVolley 2021, e a República Checa, que os lusitanos venceram (3-1) na final da Challenger Cup 2018.

Apuram-se para a Final Four (19 e 20 de Junho, em Kortrijk) a selecção do país organizador (Bélgica) e os primeiros classificados de cada pool. O vencedor da Final Four, a disputar na Bélgica de 18 a 20 de Junho, embolsa um prémio de 125 mil euros. O prize money da prova é de 395 mil euros.

Portugal disputou a EGL pela última vez em 2018. Nesse ano, apurou-se para a Final 4, juntamente a Turquia, com quem travou um interessante duelo nas meias-finais (2-3), e com a República Checa, que os portugueses viriam a vencer (3-1) na final da Challenger Cup, em Matosinhos, apurando-se para a Liga das Nações 2019.

A Liga Europeia nasceu em 2004. Em 2018, foi transformada na European Golden League e na European Silver League. A Estónia, a Holanda e a Eslováquia venceram a competição por duas vezes. A Turquia é a actual campeã da EGL e a Bielorrússia a vice-campeã.
Portugal venceu a Liga Europeia de 2010.

Partilhar: