13-SETEMBRO-2020
SUPER SUPERTAÇA(S)


Foto: Jorge Cabral

A Supertaça de Femininos já tem finalistas – o Porto Vólei vai defrontar, no dia 18 de Setembro, no CDC Matosinhos, a AJM/FC Porto, vencedora da Taça de Portugal 2020, após a vitória por 3-2 (os três jogos da competição foram resolvidos pela diferença mínima) sobre o Clube K.
Em masculinos, definiram-se hoje as meias-finais cruzadas que serão disputadas no Multiusos de Gondomar no próximo dia 19: SL Benfica x Sporting CP e AJF Bastardo x SC Espinho.

SL Benfica x SC Espinho, 3-0 (25-17, 25-20 e 25-18)

Na Série A da Supertaça de masculinos, o SL Benfica consolidou a primeira posição na Série A da Supertaça de masculinos, pelo que vai defrontar, nas meias-finais, o segundo classificado da Série B, o Sporting CP.
O SL Benfica entrou muito bem no jogo, imparável nos ataques de segunda linha de Raphael Oliveira (6-1, 9-3, 15-8).
Dinis Leão bem tentava remar contra a maré, mas o bloco triplo benfiquista mostrava ser um obstáculo de difícil transposição. Resultado: 25-17.

Os momentos iniciais do segundo set pautaram-se pelo equilíbrio (3-3, 7-7), mas o SL Benfica logrou distanciar-se um pouco (12-8), com um bloco de Raphael Oliveira ao temível atacante Dinis Leão.
Uma maior eficácia dos lisboetas, sobretudo no ataque e serviço, deram novo triunfo à equipa orientada por Marcel Matz: 25-20.

No terceiro set, os tigres da Costa Verde chegaram a liderar o marcador (6-4), mas continuavam a pecar pela falta de eficácia no serviço. E foi com um serviço falhado que o SC Espinho selou a vitória dos benfiquistas por 25-18.

Dinis Leão, com 13 pontos, e Raphael Oliveira, com 11, foram os melhores pontuadores das duas equipas. Ver estatística em aqui

Marcel Matz, Treinador do SL Benfica:
"A equipa do SC Espinho é muito superior fisicamente à AA S. Mamede, e este jogo exigiu um ritmo mais elevado de jogo, com um serviço mais pesado. Os nossos jogadores conseguiram cumprir esse objectivo e durante muito tempo, consolidando essa situação com uma boa defesa alta. A nossa forma de jogar criou muitas dificuldades ao sideout do SC Espinho.
Agora? Temos de treinar bem, nesta semana que antecede as meias-finais e a final, e sobretudo cuidarmos da nossa saúde, pois estão a aparecer vários casos de Covid-19 no desporto. Queremos resguardar a equipa e regressar aqui a Gondomar para, no dia 19, enfrentarmos o Sporting CP ou a AJF Bastardo, duas equipas fortes
".


Foto: Jorge Cabral

AJF Bastardo x Sporting CP, 3-2 (26-28, 25-18, 25-20, 20-25 e 15-13)

Na Série B, o Sporting CP acabou por não conseguir fazer valer a maior dose de favoritismo que lhe era atribuída, muito por mérito do adversário.

No primeiro set, e com Antony Gonçalves no serviço, a AJ Fonte do Bastardo ganhou vantagem (8-5), que conseguiu prolongar no tempo (12-9), então com um bloco de Hélder Spencer. Outro bloco, mas este de Bruno Jesus, logo seguido de um ataque eficaz (15-10) fez soar o botão de alarme dos sportinguistas.
Antony estava endiabrado no ataque e o bloco leonino não conseguia suster o seu ímpeto (20-15).
Um erro no ataque causou uma certa desorientação nas hostes açorianas (22-20) e João Coelho foi obrigado a pedir tempo para se reorganizarem. Bruno Cunha concretizou no ataque o 23-21, mas os leões igualaram (24-24) e acabaram por dar a volta ao jogo e ao resultado, triunfando por 28-26.

A Fonte do Bastardo voltou a entrar melhor (3-1, 10-6) no segundo set. Dois blocos consecutivos de Hélder Spencer catapultaram a AJF Bastardo no marcador (15-9). Um amorti de Caíque Silva pôs a nu algumas debilidades defensivas dos leões (18-10).
A entrada em campo de Miguel Maia empolgou os jogadores leoninos, que galgaram terreno (16-21), mas era tarde demais e Hélder Spencer selou, com um ataque, o triunfo dos açorianos: 25-18.

No terceiro set, a AJF Bastardo voltou a tomar em mãos as rédeas do jogo (10-7, 14-10). Dois serviços de Victor Pereira aproximaram (14-12) os pupilos de Gersinho. Contudo, Hélder Spencer mostrava-se inconformado e com as suas acções ofensivas e defensivas na rede voltou a impulsionar a sua equipa (20-16).
Dando a ideia de estar algo descrente, seria a equipa leonina que acabaria por selar o triunfo do seu adversário com um erro no serviço: 25-20.

O quarto set foi totalmente dominado pelo Sporting CP (13-9, 19-13) e a reacção dos açorianos aconteceu mas pecou por ser tardia: 25-20.

No set decisivo, a AJF Bastardo chegou-se à frente (4-1), mas o Sporting CP respondeu bem (4-4). Novamente a formação açoriana a liderar o marcador (9-6). Um bloco de Bruno Cunha manteve a equipa insular na liderança (12-9). A vitória por 15-13 foi sofrida mas justa pela forma como decorreu o parcial.

Antony Gonçalves, com 21 pontos, e Paulo Silva, com 19, foram os melhores pontuadores das duas equipas. Ver estatística aqui

João Coelho, Treinador da AJF Bastardo:
"Uma vitória sofrida mas inteiramente justa pela forma como os jogadores se bateram até ao fim. Tivemos alguma precipitação no primeiro set e não conseguimos gerir até ao final a vantagem que tínhamos. Depois, a maior experiência e o maior leque de opções do nosso adversário deu-lhes uma frescura que nós não possuíamos, sobretudo a partir do momento em que tivemos aquele azar com o Rui[Moreira], que até tinha entrado muito bem no jogo.
Ainda falta muito para terminar a Supertaça. Agora, vamos ter uma dura viagem pela frente, mas faremos tudo para continuar a dignificar a modalidade".


Foto: Paulo Faria

Porto Vólei x Clube K, 3-2 (18-25, 25-9, 25-17, 20-25 e 15-9)

Na Supertaça de femininos, as açorianas entraram bem no jogo, tendo amealhado uma ligeira vantagem (12-9), prontamente anulada (13-13) pelas portuenses, que davam assim a entender que a luta iria ser dura... E foi!
A equipa orientada por João Carronha voltou a pressionar, sobretudo através de um serviço agressivo, e colocou-se novamente na dianteira do marcador.
Uma má recepção tornou tudo ainda mais complicado para o Porto Vólei, que viu o seu adversário distanciar numa altura crucial (16-22). Um ataque para fora aproximou ainda mais as açorianas do triunfo (23-17), que acabaria por ser selado com o resultado de 25-18.

Nada feliz com este desfecho, a equipa de Hélder Andrade entrou de rompante no segundo parcial (3-1, 7-2, 10-3, 20-7) e fechou o set com um resultado inusual entre equipas desta valia: 25-9.

As portuenses continuaram a controlar as operações no terceiro set: primeiro, construiam uma pequena vantagem, de três/quatro (10-6) pontos, que iam robustecendo (14-8), até ao triunfo final: 25-17.

No quarto parcial, as açorianas entraram com tudo (6-0, 10-4, 17-11) e mantiveram a distância até à vitória por 25-20.

No derradeiro set, as portuenses, que estiveram a perder até aos 7-7, deram a volta por cima, facturando uma boa série de pontos consecutivos, o que lhes permitiu a vitória e o apuramento para a final, a disputar pelas 19h00 do dia 18 de Setembro, no CDC Matosinhos, com a AJM/FC Porto, vencedora da Taça de Portugal 2020.

Maria Reis Lopes, com 21 pontos, e Sofia Neves, com 15, foram as melhores pontuadoras das duas equipas. Ver estatística aqui


Foto: Paulo Faria

Relativamente aos Jogos de acesso à I Divisão de femininos, a equipa do CS Madeira consolidou a posição de 1.º classificado ao derrotar, pela margem máxima 3-0 (25-20, 25-22 e 25-19), o SC Espinho, 2.º classificado da Série A. 

Na Série B, o SL Benfica venceu o Vitória SC por 3-1 (20-25, 25-12, 25-21 e 25-11) e apurou-se para as meias-finais como 1.º classificado da Série B, enquanto as vimaranenses ficaram na 2,ª posição do grupo.

Dia 19 de Setembro

16h00 – CS Madeira x Vitória SC – em directo no Facebook da FPV
18h00 – SL Benfica x SC Espinho – em directo no Facebook da FPV


Foto: AnaPinto/Matosinhosport

Em masculinos, ainda há muitas jornadas por disputar, mas o CD Póvoa já se «assumiu» como forte candidato à subida ao escalão principal e fê-lo com um triunfo categórico sobre a Ala Nun'Álvares de Gondomar: 3-0 (25-14, 25-18 e 25-19).

A estreia da AA Espinho foi vitoriosa. A equipa orientada por Alexandre Afonso venceu, por 3-1 (25-17, 23-25, 25-15 e 25-17), o GC St.º Tirso e mantém incólumes as esperanças de subida à I Divisão, sabendo agora que a maior oposição a essas pretensões virá de CD Póvoa e Ala de Gondomar.

Regulamento para a Retoma da Prática Competitiva aqui

Parte mais específica para jornalistas aqui

A lista dos árbitros nomeados pode ser consultada aqui
Vencedores da Supertaça aqui
A Volei TV, o Porto Canal e o Facebook da FPV irão cobrir os jogos.
Ver jogos em directo na Volei TV aqui

RESULTADOS

SUPERTAÇA de Masculinos
(Multiusos de Gondomar)

Jogos da Série A
11 de Setembro
AA S. Mamede x SL Benfica, 0-3 (11-25, 14-25 e 13-25)

12 de Setembro
SC Espinho x AA S. Mamede, 3-0 (25-21, 25-22 e 25-21)

13 de Setembro
SL Benfica x SC Espinho, 3-0 (25-17, 25-20 e 25-18)

Jogos da Série B
11 de Setembro
Leixões SC x AJF Bastardo, 0-3 (20-25, 15-25 e 20-25)

12 de Setembro
Sporting CP x Leixões SC, 3-0 (25-15, 25-13 e 25-21)

13 de Setembro
AJF Bastardo x Sporting CP, 3-2 (26-28, 25-18, 25-20, 20-25 e 15-13)

19/09/2020

16h00 – SL Benfica x Sporting CP – em directo na Volei TV
19h00 - AJF Bastardo x SC Espinho – em directo na Volei TV

20/09/2020

15h00 - Final – em directo na Sport TV

 SUPERTAÇA de femininos

Dia 11 de Setembro

AVC Famalicão x Porto Vólei, 2-3 (25-27, 25-22, 26-24, 21-25 e 4-15)

Dia 12 de Setembro

Clube K x AVC Famalicão, 2-3 (25-21, 22-25, 27-25, 23-25 e 12-15)

Dia 13 de Setembro

Porto Vólei x Clube K,  3-2 (18-25, 25-9, 25-17, 20-25 e 15-9)

Dia 18 de Setembro

19h00 – AJM/FC Porto x Vencedor da Série Única, na Nave Costa Pereira – em directo na Volei TV e no Porto Canal  

JOGOS DE ACESSO À I DIVISÃO

Série A (Femininos)

1.ª Jornada
11.09.2020
Lusófona VC x SC Espinho, 1-3 (25-23, 20-25, 24-26 e 19-25)

2.ª Jornada
12.09.202
CS Madeira x Lusófona VC, 3-1 (31-29, 24-26, 25-17 e 25-21)

3.ª Jornada
13.09.2020
Cs Madeira x SC Espinho, 3-0 (25-20, 25-22 e 25-19)

Série B (Femininos)

1.ª Jornada
11.09.2020
20h00 – ADRE Praiense x Vitória SC, 0-3 (15-25, 11-25 e 14-25)

2ª. Jornada
12.09.2020
SL Benfica x ADRE Praiense, 3-0 (25-6, 25-7 e 25-9)

3.ª Jornada
13.09.2020
Vitória SC x SL Benfica x Vitória SC, 3-1 (20-25, 25-12, 25-21 e 25-11)

Dia 19 de Setembro

16h00 – CS Madeira x Vitória SC – em directo no Facebook da FPV
18h00 – SL Benfica x SC Espinho – em directo no Facebook da FPV

Jogos de Acesso à I Divisão - Masculinos

1.ª Jornada
11.09.2020
GC St.º Tirso x Ala Nun'Álvares Gondomar, 0-3 (20-25, 23-25 e 20-25)
CD Os Marienses x CD Póvoa, 0-3 (5-25, 13-25 e 12-25)

2.ª Jornada
12.09.2020
CD Os Marienses x Ala Nun'Álvares de Gondomar, 0-3 (18-25, 20-25 e 20-25)

3.ª Jornada
13.09.2020
Ala Nun'Álvares de Gondomar x CD Póvoa, 0-3 (14-25, 18-25 e 19-25)
AA Espinho x GC St.º Tirso, 3-1 (25-17, 23-25, 25-15 e 25-17)

4.ª Jornada
18.09.2020
17h00 – Ala Nun'Álvares de Gondomar x AA Espinho – em directo no Porto Canal
20h00 – GC St.º Tirso x CD Os Marienses – em diferido no Facebook da FPV

5.ª Jornada
19.09.2020
15h00 – CD Póvoa x GC St.º Tirso – em directo no Porto Canal
17h00 – AA Espinho x CD Os Marienses – em diferido no Porto Canal

6.ª Jornada
20.09.2020
19h00 – CD Póvoa x AA Espinho – em directo no Porto Canal

Calendários de jogos de acesso à I Divisão disponíveis em https://www.portugalvoleibol.com/classificacao/

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS