04-OUTUBRO-2019
«DREAM TEAMS» DO EUROVOLLEY

Os «Dream Teams» do Campeonato da Europa de 2019 de seniores femininos e masculinos foram agora anunciados, com a Sérvia, que venceu as duas competições, a apresentar três jogadores em cada uma das «Selecções de Sonho» na competição-rainha da Confederação Europeia de Voleibol (CEV).

«Dream Team» de Femininos

Distribuidora
Maja Ognjenovic (Sérvia) – 40.49% de eficácia, a melhor das quatro equipas finalistas (Sérvia, Turquia, Itália e Polónia).

Oposta
Tijana Boskovic (Sérvia)
– MVP do EuroVolley: 142 pontos, incluindo 14 serviços directos em 8 jogos.

Zona 4
Brankica Mihajlovic (Sérvia)
– 135 pontos, incluindo 16 blocos, e a 4.ª melhor atacante na competição.

Zona 4
Miriam Sylla (Itália)
– 107 pontos e 30.17% recepções perfeitas.

Central
Eda Erdem (Turquia)
– 142 pontos, incluindo 36 blocos, a melhor blocadora e a 4.ª melhor pontuadora da competição.

Central
Agnieszka Kakolewska (Polónia)
– 27 blocos e 83 pontos no total, a 2.ª melhor blocadora das selecções finalistas e a 2.ª melhor pontuadora das centrais na competição.

Libero
Simge Sebnem Akoz (Turquia)
– 52% de recepções perfeitas, a percentagem mais alta nas quatro finalistas.

A Sérvia revalidou o título de campeã ao vencer, pela diferença mínima (3-2: 21-25, 25-21, 25-21, 22-25 e 15-13), a Turquia na final do Campeonato da Europa de Seniores Femininos, disputada em Ancara, a capital otomana.
A Itália, vice-campeã mundial e campeã europeia em 2007 e 2009, regressou, dez anos depois, ao pódio na competição, ao derrotar (3-0: 25-23, 25-20 e 26-24) a Polónia no jogo de atribuição do 3.º e do 4.º lugar.
Todas as informações sobre o EuroVolley (resultados, declarações, fotos, etc.) aqui

«Dream Team» de Masculinos

Distribuidor
Benjamin Toniutti (França)
– 59.57% de eficácia, a melhor percentagem entre as quatro selecções finalistas (Sérvia, Eslovénia, Polónia e França).

Oposto
Aleksandar Atanasijevic (Sérvia)
– 143 pontos, incluindo 14 blocos, o 3.º melhor pontuador da competição, o 2.º melhor atacante e o atacante mais eficaz das quatro equipas finalistas.

Zona 4
Uros Kovacevic (Sérvia)
– MVP do EuroVolley: 133 pontos, incluindo 17 blocos, o 4.º melhor pontuador da competição e o melhor entre os zonas 4; o 4.º melhor atacante da competição e o melhor na sua posição; o 5.º melhor blocador da competição na sua posição.

Zona 4
Wilfredo Léon (Polónia)
– 116 pontos, incluindo 17 ases e 14 blocos; 59,86% de eficácia no ataque; o 2.º melhor ataque entre os zonas 4; o 3.º melhor no serviço na competição e o melhor na sua posição; o 2.º melhor blocador na sua posição.

Central
Jan Kozamernik (Eslovénia)
– 12 ases e 12 blocos, num total de 73 pontos; o 3.º melhor pontuador entre todos os centrais; o melhor no serviço na sua posição.

Central
Srecko Lisinac (Sérvia)
– 11 ases e 12 blocos, num total de 55 pontos; o 2.º melhor no serviço entre todos os centrais.

Libero
Jani Kovacic (Eslovénia)
– 36.84% de recepções perfeitas, o terceiro melhor da competição e o melhor entre as quatro selecções finalistas.

A Sérvia venceu a Eslovénia por 3-1 (19-25, 25-16, 25-18 e 25-20) na final do Campeonato da Europa de Seniores Masculinos, disputada em Paris, e sagrou-se novamente campeã europeia.
A Eslovénia voltou a ser finalista vencida – como na edição de 2015, frente à França, no único título europeu conquistado pelos gauleses –, enquanto a Sérvia venceu o Campeonato da Europa por três vezes, em 2019, 2011 e 2001, este último integrada na (RF) Jugoslávia.
A Polónia, actual campeã mundial, ficou com a medalha de bronze ao derrotar (3-0: 26-24, 25-22 e 25-21) a França.

Informações adicionais: www.cev.eu / eurovolley.cev.eu 

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS