14-JANEIRO-2019
SORTEIO DO EUROPEU
QUARTA-FEIRA EM DIRECTO

O sorteio do Campeonato da Europa de Seniores Masculinos realiza-se quarta-feira em Bruxelas, capital da Bélgica, e será transmitido via live streaming através do EuroVolleyTV (18h30 locais).

Pela primeira vez na história da competição, o EuroVolley contará com 24 selecções participantes, incluindo as que representam os quatro países anfitriões – França, Eslovénia, Bélgica e Holanda –, ou seja, oito apuradas pela classificação final do Europeu 2017, 12 da fase de qualificação e 4 organizadores.

As 24 selecções serão divididas por 4 grupos de 6 equipas, sediados em França (Pool A), Bélgica (Pool B), Eslovénia (Pool C) e Holanda (Pool D).

O sorteio começará com as equipas do Pote 1. Após a escolha de uma equipa, haverá um sorteio subsequente para determinar em que pool será colocada.
Depois será a vez do Pote 2, que seguirá o mesmo procedimento, e assim sucessivamente até todos os potes serem esvaziados.
O sorteio terá apenas uma condicionante: os vencedores das medalhas de ouro (Rússia) e de prata (Alemanha) da última edição não podem cair na mesma pool.

França (Pool A), Bélgica (Pool B), Eslovénia (Pool C) e Holanda (Pool D)

Pote 1: Rússia, Sérvia, Polónia e Itália
Pote 2: Bulgária, Alemanha, República Checa e Turquia
Pote 3: Finlândia, Estónia, Eslováquia e Portugal
Pote 4: Espanha, Ucrânia, Grécia e Macedónia
Pote 5: Bielorrússia, Montenegro, Roménia e Áustria

O sorteio poderá ser seguido em directo aqui

O sorteio da fase final do Campeonato da Europa de Seniores Femininos realiza-se no dia 23 de Janeiro, em Istambul, na Turquia.

A Selecção Nacional de Seniores Masculinos apurou-se como 1.ª classificada da Pool D da Fase de Qualificação.

Para além da fase final do Europeu, a Selecção Nacional disputará também em 2019 a Liga das Nações de Voleibol (Volleyball Nations League - VNL).
Portugal estreia-se da melhor forma na VNL já que acolherá, nos dias 14 a 16 de Junho do próximo ano, a Pool 9, que traz ao nosso País as selecções do Brasil, Sérvia e China, respectivamente 1.º, 11.º e 20.º posicionados no Ranking Mundial (7 de Julho 2017).

Recorde-se que a turma das quinas vai participar nesta prestigiada competição após ter conseguido vencer na Final da Volleyball Challenger Cup 2018 a República Checa por 3-1 (18-25, 25-22, 25-19 e 25-16).

A Liga das Nações é disputada por 16 selecções nacionais: 12 «fixas» que estão sempre qualificadas para a competição e quatro «desafiadoras» (em 2019, Portugal, Canadá, Bulgária e Austrália), sendo que a última classificada destas selecções desce à Golden League, sendo substituída pela vencedora da Challenger Cup, um torneio que qualifica o vencedor para a próxima edição da Liga das Nações como equipa «desafiadora».

A VNL é composta por duas fases.
A Fase Preliminar desenrola-se ao longo de cinco semanas. Cada semana, as selecções participantes são organizadas em pools de quatro equipas, disputadas em sistema de «round-robin» (todos contra todos) em países diferentes.
Qualificam-se para a Final Six as cinco primeiras da classificação geral, que se juntam à selecção do país organizador desta etapa decisiva.
As seis selecções participantes formam duas pools de três equipas, que se defrontam no sistema de «round-robin».
Os 1.º e 2.º classificados de cada pool apuram-se para as meias-finais e jogam em sistema cruzado (o 1.º classificado de uma pool defronta o 2.º classificado da outra pool).
Os vencedores encontram-se na Final para competir pelo título da VNL.

A Rússia venceu a primeira edição da Liga das Nações ao derrotar, na final disputada na cidade gaulesa de Lille, a França pela margem máxima: 3-0 (25-22, 25-20 e 25-23).

Informações adicionais: www.cev.lu / www.fivb.com

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS