05-JULHO-2018
BEM-VINDA A CASA,
KERRI WALSH!


No Voleibol, como em qualquer outr modalidade, há jogadores e... Jogadores.
Embora sempre tenha convergido para Espinho a elite do Voleibol de Praia, há atletas que merecem destaque pelos resultados que alcançaram ao longo de uma carreira de sucesso.

O melhor exemplo disso é Kerri Walsh Jennings, o nome maior do Voleibol feminino.
Aos 39 anos, a norte-americana, de 1.88 metros de altura, é um ícone do Voleibol de Praia mundial, tendo sido, entre outros êxitos relevantes, tricampeã olímpica (2004, 2008 e 2012), com Misty May, com quem venceu por duas vezes em Espinho (2001 e 2005).
Não admira, por isso, que Kerri esteja a regressar a um local que conhece bem e lhe traz boas recordações:
"Estou tão contente de estar novamente em Espinho. Tinha-me esquecido de como Espinho é especial. Em termos da minha carreira no Voleibol foi muito bom para mim, pois obtive aqui grandes sucessos, mas esta praia para mim é como estar em casa, é como estar em Manhathan Beach.
Estou muito feliz, as pessoas são extraordinárias. Reconheço algumas caras familiares de há muito tempo atrás.
O que recordo melhor? De comer aqui bom marisco, de jogar bom Voleibol num torneio sempre de alto nível e... do vento e da areia. A verdade é que só tenho boas recordações.
Estou aqui com a minha nova parceira Nicole [Branagh] e creio que este torneio será bom para nós.
É muito fácil jogar bom Voleibol quando te sentes feliz, por isso convido todas as pessoas a virem a Espinho para verem as melhores duplas em acção. Puxem pelas vossas equipas preferidas e divirtam-se como nós aqui na praia da Baía
".

E as norte-americanas não podiam ter entrado melhor na prova, já que obtiveram um triunfo convincente sobre a dupla italiana Zuccarelli/Traballi: 2-0 (21-15 e 21-9).

Mais informações sobre o Espinho Open aqui  em www.fivb.com

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS