04-JULHO-2018
PORTUGAL x TAILÂNDIA ABRE
O QUADRO PRINCIPAL DO ESPINHO OPEN


A dupla portuguesa Gabriela Coelho/Vanessa Paquete vai defrontar a dupla tailandesa Radarong/Udomchavee, no Campo Central, às 10h30, no primeiro jogo da Poule H no Quadro Principal do Espinho Open 2018, etapa de 4 estrelas do Circuito Mundial de Voleibol de Praia (World Tour BeachVolley) que a FPV organiza na Praia da Baía, em Espinho.
No outro jogo do grupo, as norte-americanas Hochevar e Claes defrontam as alemãs Behlen e Schneider.

Amanhã começa também a Fase de Qualificação dos masculinos, onde estão Luís Freitas/Tiago Pereira - defrontam Boehle/Van de Velde, da Holanda - e Tomás Silva/Luís Gomes, que enfrentam Kolaric / Basta, da Sérvia.

Quanto a Roberto Reis e Fabrício Silva, os campeões nacionais portugueses vão estar à espera dos seus compatriotas no Quadro Principal.

Gabriela Coelho/Vanessa Paquete será a única dupla de femininos presente no Main Draw, já que o «4 de Julho» não foi dia de festejos para as cores portuguesas.

As polacas Gruszczynska e Wachowicz venceram (2-0: 21-15 e 21-13) Joana Gonzalez / Daniana Esteves, enquanto as letãs Alise Lece e Ilze Liepinlauska venceram as portuguesas Maria Tinoco / Rita Fernandes: 2-0 (21-11 e 21-11), mas acabariam por cair frente à credenciada dupla alemã Behlen/Schneider (0-2: 10-21 e 14-21), mostrando que o nível competitivo no Espinho Open 2018 é, de facto, elevado, mesmo na fase de qualificação.

Maria Tinoco salientou:
"Foi uma experiência incrível, um ambiente muito diferente daquele a que estamos habituados, com um nível muito mais competitivo.
É arrepiante estar com duplas que nos habituámos a admirar e que jogam Voleibol de Praia o ano inteiro e estamos muito gratas por termos tido esta oportunidade"
.

A dupla brasileira Ana Patrícia/Rebecca Silva superou (21-11 e 21-11) Brígida Ferreira / Daniela Loureiro.

No final, Daniela referiu:
"Era muito difícil fazer melhor, pois as nossas adversárias têm já algumas vitórias em etapas do Cicuito Mundial e quase o dobro da nossa altura. É uma experiência única, que nos faz crescer como dupla. É muito bom para nós, duplas, e para o Voleibol de Praia nacional podermos ter aqui as melhores jogadoras e os melhores jogadores do mundo.
É com etapas do World Tour deste nível que podemos evoluir commo duplas e desenvolver o Voleibol de Praia em Portugal.
"

As brasileiras jogaram depois com as suíças Nicole Eiholzer / Elena Steineman, vencendo por 2-0 (21-19 e 21-15).

Rebecca Silva avisou:
"Acreditamos que podemos fazer muitas coisas neste torneio. Participamos como dupla no Circuito Mundial há pouco tempo, mas creio que estamos a amadurecer. Encaramos esta participação em Portugal, numa etapa de quatro estrelas, de uma forma muito positiva e acreditamos que vamos conseguir obter bons resultados".

Em termos globais, esta será a 15.ª edição do Espinho de masculinos e a 10.ª de femininos. Um rol de competições que celebrizaram nomes como Emanuel Rego e Ricardo Santos, a dupla predilecta do público espinhense.
Juntos, os brasileiros venceram três edições (2003, 2004 e 2007) e individualmente por cinco vezes (Emanuel e Ricardo) levaram o ouro.
O brasileiro José Loiola, vencedor em Espinho por três vezes (1998, 1999 e 2001), e o alemão Julius Brink (2005 e 2006) também deixaram saudades...
Em femininos, a dupla norte-americana Misty May-Treanor/Kerri Walsh Jennings, vencedora em 2001 e 2005, bem como a dupla canarinha Juliana Felisberta/Larissa França, a última equipa a erguer o troféu (2007) marcaram a competição e úm público exigente mas igualmente entusiástico, que fez questão de encher sempre o estádio em Espinho, sobretudo nas finais.

Mais informações sobre o Espinho Open aqui  em www.fivb.com

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS