24-AGOSTO-2017
EUROPEU SUB-18: SORTES DIFERENTES
MAS OBJECTIVOS COMUNS

As duplas portuguesas que se encontram a participar, na cidade russa de Kazan, os Campeonatos da Europa de Sub-18 em Voleibol de Praia, conheceram sortes diferentes nos jogos que disputaram hoje, mas mantêm viva a esperança de carimbarem nos jogos de amanhã a passagem à fase eliminatória da prova.

João Nuno Pedrosa e Hugo Campos estrearam-se da melhor forma na Poule E do Europeu, tendo vencido com autoridade (2-0: 21-8 e 21-10) a dupla lituana Mazuras/Makaras.
Amanhã, os jovens lusitanos defrontam J. Bello/F. Bello (Inglaterra) e Ringoen/Brekke (Noruega), que se defrontaram hoje, com vantagem para os britânicos.
A apenas uma vitória de se apurarem para a fase seguinte, Pedrosa e Campos se vencerem os dois jogos, qualificam-se directamente para a Ronda de 16 Equipas.
Se ficarem em 2.º lugar na Poule E, os portugueses apuram-se para a Ronda das 24 Equipas (jogos com eliminação simples entre os 2.º e 3.º classificados das poules).

Tarefa bem mais complicada espera, amanhã, Beatriz Rodrigues e Matilde Calado Rodrigues, que qualificaram, recentemente, Portugal para a final da Taça Continental da Juventude.
A jovem dupla portuguesa, medalhada com o ouro nos X Jogos Desportivos CPLP 2016, não entrou bem nos jogos de hoje e acabou por ser batida pelas ucranianas Lysytsia e Dashevska (0-2: 13-21 e 16-21) e pelas italianas Mason e Scampoli (0-2: 14-21 e 11-21), pelo que terá obrigatoriamente de vencer amanhã as dinamarquesas Mellmolle e Windeleff para continuar em prova.

Pedro Carvalho é o treinador que acompanha as selecções de Sub-18, enquanto Henrique Gomes, membro da Comissão Europeia de Voleibol de Praia (CEV) e antigo director da FPV, é o Supervisor da CEV da competição que se está a realizar na Riviera Beach de Kazan.

O Europeu de Sub-18 poderá ser seguido via live streaming aqui

Um historial rico

A história recente do Voleibol de Praia nacional no que diz respeito aos escalões mais jovens tem apresentado resultados dignos de registo.
A dupla Mariana Filipe Alexandre/Joana Neto, atletas do Centro de Alto Rendimento de Voleibol de Praia da FPV (CTARVP), rubricou mesmo uma página de ouro no desporto português ao alcançar, pela primeira vez no historial do Voleibol de Praia nacional em femininos, a medalha de prata no Campeonato da Europa de Sub-18.

José Pedrosa e José Teixeira foram os primeiros portugueses a sagrarem-se campeões europeus de Sub-23, em Esposende, em 2001, depois de, em 1996, Jorge Alves e João Silva terem sido vice-campeões europeus de Sub-20, em Jurmala, na Letónia.

Em 1997, os mesmos José Pedrosa e José Teixeira tinham sido medalhados com o bronze no Europeu de Sub-20, em Zagreb, na Croácia.
Também em 2010, Rui Moreira e Ricardo Alvar classificaram-se num honroso 9.º lugar no Campeonato da Europa de Sub-23, realizado na ilha grega de Kos. Rui Moreira tinha já sido 9.º classificado no Europeu de Sub-18, em 2006.

Em 2012, Joana Resende e Tânia Oliveira, vice-campeãs nacionais, e Januário Silva/Sebastião Alves classificaram-se em 9.º lugar no 6.º Campeonato do Mundo Universitário de Voleibol de Praia, disputado na cidade brasileira de Maceió.

Em 2013, Juliana Antunes Rosas e Tânia Oliveira venceram, no Porto, o Europeu Universitário e, em 2014, Rosa Couto e Marta Hurst, campeãs nacionais de seniores, atingiram o 5.º lugar na classificação geral do Mundial Universitário, disputado também na Cidade Invicta.
Igualmente em 2013 e no Porto, Diogo Maia/Tomás Silva e Francisco Pombeiro/Bernardo Martins alcançaram um excelente 9.º lugar no Campeonato do Mundo de Sub-19.

Nos VIII Jogos Desportivos CPLP – Comunidade dos Países de Língua Oficial Portuguesa, disputados na Foz do Lizandro, na Ericeira, Diogo Maia e António Nazário conquistaram a medalha de ouro e Inês Pereira e Valéria Rodrigues foram medalhadas com a prata.

Em 2014, as duplas Ricardo Cardoso/Tomás Sousa e Beatriz Pinheiro/Inês Castro conquistaram a medalha de prata nos torneios de Voleibol de Praia dos IX Jogos CPLP, que decorreram em Angola.
Ainda em 2014, as duplas Diogo Maia/Tomás Silva e Vanessa Paquete/Daniela Silva foram vice-campeãs do Torneio de Sub-21 da WEVZA, na Albufeira do Azibo.

Em 2015, e no regresso a Macedo de Cavaleiros, Diogo Pereira/Bruno Santiago foram medalhados com o ouro em Sub-19 e Francisco Pombeiro/José Jardim com a prata em Sub-21.
Ainda em Sub-19, Bárbara Freitas/Sara Mendonça e João Nuno Pedrosa/João Alves alcançaram o 4.º lugar nos torneios da WEVZA.

Em 2016,  as duplas Beatriz Rodrigues/Matilde Calado e Leandro Firmino/Vasco Moura foram medalhadas com o ouro nos X Jogos Desportivos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), disputados na Ilha do Sal, em Cabo Verde.

Em 2017, Francisco Pombeiro e José Jardim foram 17.ºs classificados no Europeu de Sub-22, disputado na cidade austríaca de Baden.
Marta Hurst/Gabriela Coelho, em femininos, e José Pedro Monteiro/Fabrício Barros, em masculinos, venceram o I Torneio de Voleibol de Praia da Associação das Federações de Voleibol de Países de Língua Portuguesa (AFV-PLP), disputado na praia de Santa Maria, na ilha do Sal, em Cabo Verde.

Ainda mais recentemente, Inês Castro e Beatriz Pinheiro alcançaram o 4.º lugar no Torneio da WEVZA de Voleibol de Praia disputado na localidade holandesa de Hoek van Holland, e a dupla Beatriz Rodrigues/Matilde Calado Rodrigues apurou-se para a final da Taça Continental da Juventude, a realizar no próximo ano, ao garantir o 2.º lugar da Poule D de qualificação, disputada na praia de Parnu, na Estónia.

Mais informações em www.cev.lu

 
PARTILHA ESTE ARTIGO NAS REDES SOCIAIS